Follow by Email

sexta-feira, 10 de junho de 2011

A JUSTIÇA E OS INJUSTOS

"Tão grande é a força da Justiça. Que nem aqueles que se nutrem da maldade e do crime podem viver sem um mínimo dela." (Cícero)

A Justiça protege os cidadãos, ela garante e efetiva seus direitos, ela corrige e pune os injustos para que eles  não voltem a cometer injustiças e vivam em harmonia com a sociedade.

Os cidadãos são protegidos, a paz social existe quando se acredita que a Justiça exercerá seu papel sempre que for necessário, pois há a esperança de que diante de uma transgressão a lei, exista a punibilidade. Essa é uma garantia do bem-estar social, que mantêm a harmonia e o equilíbrio na sociedade.

Mas nem os que cometem injustiças e transgridem a lei estão à mercê dela, eles também estão protegidos, pois também são pessoas e possuem direitos e garantias, que são direitos fundamentais e existem para todos. Portanto, eles têm direito a um processo justo, à defesa e serem punidos de acordo com a gravidade do crime cometido. Caso contrário, eles seriam vítimas de injustiças.

A Justiça existe para todos, e deve funcionar corretamente e ser eficaz, deve ser aplicada na medida dos direitos daqueles que nela estão buscando ver seus direitos ou se defendendo, de maneira a não cometer injustiças, não deixar que a tirania estatal prevaleça e os cidadãos tenham seus direitos restritos. Ela deve demonstrar que a verdade prevalece.