Follow by Email

segunda-feira, 11 de março de 2013

O PRISMA FILOSÓFICO




Paulo Bonavides


“Tanto os fatos como as instituições e as idéias, matérias desse conhecimento, podem ser tomados como foram ou deveriam ter sido (consideração do passado), como são ou devem ser (compreensão do presente) e como serão ou deverão ser (horizontes do futuro).” (Paulo Bonavides)

O prisma filosófico analisa o presente, o passado e o futuro, na forma do que é ou deveria ser hoje, o que foi ou deveria ser no passado, e como será ou deveria ser o futuro.

A observação ocorre mediante considerações, compreensões e projeções de um futuro esperado.

O prisma filosófico reflete sobre o que é ou deve ser, o que foi ou deveria ser e o que será ou deverá ser, com bases em considerações e expectativas, ao invés de meras especulações, prevalecendo a compreensão das realidades.

Dessa forma, o contexto histórico é sempre relevante, os aspectos polêmicos e transitórios também, assim, vão sendo formadas as projeções doa horizontes futuros.