Follow by Email

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A ARTE DE ESCUTAR


“É através da arte de escutar que seu espírito se enche de fé e devoção e que você se torna capaz de cultivar a alegria interior e o equilíbrio da mente. A arte de escutar lhe permite alcançar sabedoria, superando toda ignorância. Então, é vantajoso dedicar-se a ela, mesmo que isto lhe custe a vida.

A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância. Se você é capaz de manter sua mente constantemente rica através da arte de escutar, não tem o que temer. Esse tipo de riqueza jamais lhe será tomado. Essa é a maior das riquezas.” (Dalai-Lama)

A fé e a devoção proporcionam o equilíbrio à mente humana, a voz divina fala e o homem escuta.

O homem de fé é perseverante, vive em paz e não teme aos homens, é humilde e temente a Deus.

Sempre há uma luz no fim do túnel, o homem tem de ser persistente e confiante no Ser Supremo, que nada lhe deixa faltar, o homem necessita escutar seus sinais, para isso ele também tem de aceitá-lo e buscá-lo a cada dia.

O homem que escuta Deus recebe a sabedoria divina, passa a ter conhecimento abundante e espiritual.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O SOFRIMENTO


“O sofrimento tem variadas causas e circunstâncias. No entanto, a razão determinante das nossas dores e sofrimentos está em nossa disposição de espírito ignorante e indisciplinada. Somente através da purificação de nossa mente obteremos a almejada felicidade.” (Dalai-Lama)

O homem sofre em decorrência de sua indisciplina, o seu modo de vida e comportamento tiram o seu sossego, sua consciência pesa.

O homem movido a impulsos e ignorância acaba poluindo sua mente, ele perde o controle de si mesmo e de suas ações e atitudes decorrem os sofrimentos.

Existem os sofrimentos que atormentam o homem mesmo quando ele é disciplinado, esses ocorrem para que ele cresça, trarão um bem a sua vida, e diante desses momentos ele poderá estar em paz se Deus estiver em seu coração.

domingo, 29 de janeiro de 2012

AS ADVERSIDADES


“É durante as fazes de maior adversidade que surgem as grandes oportunidades de se fazer o bem a si mesmo e aos outros.” (Dalai-Lama)

Os momentos de dificuldade proporcionam o crescimento, são grandes lições para os homens.

Eles não ocorrem somente em nossas vidas, mas também nas vidas alheias, nesse momento podemos ajudar as pessoas, fazendo um grande bem a elas, e se ficamos felizes em ajudar, isso é um bem que também fazemos a nós mesmos, por servirmos ao próximo.

O bem deve ser feito a todos, não importa quem seja o beneficiário, fazer o bem nunca é demais, é sinônimo de serviço, de apoio, uma bondade que não se compra e não se paga, mas que ocorre e em retribuição se vê um agradecimento que dinheiro algum compra.

Dessa maneira o homem vive, cresce, aprende, serve e fica feliz.

sábado, 28 de janeiro de 2012

OS ALIMENTOS E OS OBJETOS


“Muitas pessoas trabalham duro, sozinhas ou em grupo, para tornar nossa vida mais confortável. O alimento que comemos e as roupas que vestimos não caíram simplesmente do céu. Muitos trabalharam para produzi-los. Por esse motivo, devemos ser gratos a todas as pessoas.” (Dalai-Lama)

Os alimentos vêm da terra, da indústria, chegam as nossas mãos, mas não surgiram num piscar de olhos, eles são partes da transformação de matéria.

Existem muitos que se esforçaram para que aqueles alimentos e objetos fossem produzidos, se eles não fizessem seu papel, eles não chegariam ao destino.

Todo trabalho é digno, Deus creou o mundo e as matérias primas, o homem transforma a matéria e se produzem alimentos, roupas e tudo aquilo que vai se tornando útil a vida humana.

Devemos agradecer a Deus pelo alimento de cada dia, pelo que vamos conseguindo, e também por aqueles que de algum modo contribuíram para que os alimentos e objetos passassem a existir.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

A FELICIDADE


“A felicidade é um estado de espírito. Se a sua mente ainda estiver num estado de confusão e agitação, os bens materiais não lhe vão proporcionar felicidade. Felicidade significa paz de espírito.” (Dalai-Lama)

Para existir a felicidade é necessário que haja paz de espírito, para o espírito encontrar a paz que o conforta é necessário que ele se dispa do material.

Se o homem busca a paz por meios materiais, ele encontra confusão, agitação e frustração, ele pode até se deleitar no início, mas vai desequilibrando seu controle e ele sentirá falta de paz para sair da sua tristeza espiritual.

A felicidade e a paz de espírito vêm de Deus, é ele quem nos proporciona de forma gratuita e dura para sempre.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A PREGUIÇA


“A preguiça interrompe o progresso de nossa prática espiritual. Podemos ser ludibriados por três formas de preguiça: a que se manifesta como indolência, que é o desejo de adiar; a que se manifesta como sentimento de inferioridade, que é duvidar da própria capacidade; e a que se manifesta com a adoção de atitudes negativas, que é dedicar um esforço excessivo àquilo que não é virtude.” (Dalai-Lama)

A preguiça ilude o homem e o afasta da realidade, faz com que ele se acomode e deixe de ser o que é ou que deveria ser.

Faz com que ele abandone suas obrigações, esqueça-se de seus compromissos, se desligue de seus deveres e o deixa iludido e passante, desnorteado do tempo.

A preguiça reduz o homem, faz com que ele se sinta inferior, e, ao mesmo tempo vai reduzindo sua capacidade ao ponto de torna-lo inferior.

A preguiça faz com que o homem se ocupe em coisas que atrapalham sua vida, ele deixa seus afazeres de lado e passa a dedicar-se a algo que o prejudica cada vez mais e de forma mais profunda.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A DISCIPLINA

“Disciplina é um supremo ornamento e, seja usada pelos velhos ou pelos moços, faz nascer apenas felicidade. É perfume por excelência e, ao contrário dos perfumes comuns que só viajam com o vento, seu aroma refrescante viaja espontaneamente em todas as direções. Bálsamo sem igual, proporciona alívio às dores intensas da ilusão e do engano.” (Dalai-Lama)

A disciplina é um perfume que deixa grandes rastros, faz com que o homem seja humilde e obediente.

A disciplina torna o homem prudente, pois, ao invés de trilhar por caminhos aleatórios, ele preza pela verdade e pela certeza.

A disciplina é para todos, não importa a idade, é uma proporcionadora da igualdade para aqueles que a praticam.

A disciplina enobrece o homem, organiza sua vida, torna as coisas mais fáceis de serem resolvidas, aproxima o homem da realidade e o afasta da ilusão.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A CALMA DURADOURA

“A calma duradoura é um estado elevado de consciência em que o corpo e a mente tornam-se especialmente flexíveis, receptivos e prestativos. Uma agudeza de espírito, ou sagacidade especial, também é um estado elevado de consciência no qual a capacidade de análise atingiu um grau imensamente avançado. Portanto, a calma duradoura é absorvedora por natureza, enquanto a sagacidade é analítica por natureza.” (Dalai-Lama)


A calma duradora ajuda no equilíbrio entre o corpo e a mente humana deixa o homem mais consciente e em paz de espírito.

A calma duradora absorve a sagacidade, eleva o nível de consciência humana e o faz observar o mundo e a existência, transportando ele por uma infinidade de pensamentos.

A calma duradoura faz transparecer a mansidão humana, a bondade, a paz espiritual em que ele se encontra, ou seja, uma verdadeira demonstração de sua consciência espiritual.

domingo, 22 de janeiro de 2012

DETERMINAÇÃO, CORAGEM E AUTOCONFIANÇA

“Determinação, coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso. Não importa quais sejam os obstáculos e as dificuldades. Se estamos possuídos de uma inabalável determinação, conseguiremos superá-los. Independentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho.” (Dalai-Lama)

O homem necessita de determinação, coragem e autoconfiança, mas ao mesmo tempo necessita ser humilde, prudente e confiante em Deus.

O homem animado pela alegria da coragem, seguindo o caminho com retidão, enfrentando os obstáculos e dificuldades que vierem durante a sua caminhada, com dignidade ele os supera, com humildade e esperança ele obtém sucesso e vitórias na vida.

O homem engrandece na autoconfiança se tiver humildade, mas ele também é encolhido quando seu orgulho o domina, apagando o seu brilho.

sábado, 21 de janeiro de 2012

A COMPAIXÃO

“Quando você se aprofunda em sua prática espiritual e dá ênfase à sabedoria e à compaixão, aprende a reconhecer o sofrimento de outros seres sensíveis que cruzam o seu caminho e a reagir a esse sofrimento de maneira construtiva, sentindo compaixão profunda em vez de apatia ou impotência.” (Dalai-Lama)

O homem que se aprofunda na sabedoria, tem de aprender a ter compaixão, a ter piedade e misericórdia do sofrimento dos outros, fazendo o bem ao próximo quando ele mais necessita.

O homem que cresce espiritualmente aprende a sabedoria das luzes, se compadece diante dos seres que sofrem e pede pela misericórdia deles.

A compaixão enaltece a potência do homem, que se aprofunda na sabedoria divina, passa a ter mais empatia e ser mais atuante em seu dia a dia.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A VERDADE E A CERTEZA PODEM NÃO SER SÓ SUAS

“Sua pergunta presume que em situações de desacordo um lado está certo e o outro errado. Algumas vezes, é o caso. Contudo, mais comumente, se ambos os lados estão cuidadosamente atentos, ambos têm uma parte da verdade.” (Matthew Linn, Sheila Fabricant Linn, Dennis Linn)

Alguém que se acha estar correto pode não estar dizendo a verdade, ela pode ser parcial e de modo que enseje a certeza de uma verdade.

Alguém que se defende pode falar a verdade e ao mesmo tempo incorporar a ela seus sentimentos, dessa maneira, existe a alteração do fato ocorrido.

Sendo assim, duas pessoas podem estar falando partes de uma verdade, mas, devido aos interesses pessoais, uma verdade pode dar origem há várias afirmações e conclusões, pois, somente se saberá o que verdadeiramente quando as partes disserem o que realmente ocorreu e não colocarem seus interesses e sentimentos para alterar a verdade e a certeza.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O PROPÓSITO DE VIDA

“Como nosso propósito de vida se encontra inscrito em cada uma das células de nosso corpo, não precisamos olhar muito longe para encontrá-lo. Podemos encontrá-lo ao olharmos à nossa volta, nas pequenas coisas do dia-a-dia que nos trazem satisfação ou frustração.” (Sheila Fabricant Linn)

Deus dá a vida ao homem, a energia divina está em todas as coisas, o homem, a natureza e os animais são seres vivos, possuem essência divina.

O homem sozinho nunca conseguiria criar um planeta um sistema planetário e um universo como Deus criou.

As coisas simples são maravilhas na vida humana, como é bom poder apreciar as belezas naturais, se o homem desfruta de tantas maravilhas na terra, é porque Deus permitiu, mas quando o homem destrói o meio ambiente, destrói a harmonia social, é frustrante, são ações e reações imperfeitas e humanas.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A MENTE DO PERFECCIONISTA

“Sou também um perfeccionista. Num workshop, não raro acontece que dez pessoas me elogiem e apenas uma aponte uma atividade que pode ser melhorada. Pois esqueço os dez elogios e trago à mente só aquilo que pode ser melhorado.” (Matthew Linn)

Os perfeccionistas buscam melhorar a cada dia, o objetivo deles é ser sempre melhor e evitar que os erros aconteçam.

Se um perfeccionista recebe elogios ele fica feliz, mas, se ele tem uma falha que ele não notou, mas é perceptível pelos outros ele busca melhorar.

Eles tentam atingir a plenitude da perfeição, fazem isso com esforços pessoais, tecnologias e auxílios de outras pessoas que os proporcionam um fim para as imperfeições buscadas.

Essa busca da perfeição em atividades humanas é perigosa, a única perfeição está em Deus, e se os homens buscam a perfeição devem seguir os ensinamentos divinos e passar a trilhar pelo caminho das luzes que vai aperfeiçoando os homens.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

AS CRIANÇAS VÍTIMAS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

“Durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, milhares de crianças se viram órfãs e entregues à penúria. As mais afortunadas conseguiram ser resgatadas e abrigadas em campos de refugiados onde recebiam alimentação e cuidados. Mas muitas dessas crianças, que haviam perdido praticamente tudo, não conseguiam dormir durante a noite. Temiam acordar para novamente se encontrarem sem lar e sem alimento. Nada parecia tranqüilizá-las.” (Matthew Linn, Sheila Fabricant Linn, Dennis Linn)

As crianças perdiam seus familiares, seus lares, sua cultura, ficando privadas em um campo de refugiados onde tinham identidade, mas nada entendiam, nada sabiam sobre o amanhã, apenas tinham esperança de dias melhores.

As crianças que eram aprisionadas nos campos de concentração estavam a caminho da morte e não sabiam, eram transformadas em objetos e ganhavam números que as identificavam.

As outras acabavam morrendo na guerra que dizimou pessoas, cidades, o meio ambiente e muita cultura.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

OS TRANSCENDENTALISTAS

“Geralmente os transcendentalistas, muito embora ocupados por outros nas dualidades do mundo material, não se afligem. Tampouco eles sentem prazer [em coisas mundanas], pois estão transcendentalmente ocupados.” (Srila Prabhupada – A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os transcendentalistas são devotos do Senhor, vivem a filosofar e propagar o conhecimento transcendental e vivem a caminho da perfeição e de viverem servindo ao Senhor no mundo espiritual.

Eles são desapegados do materialismo e realizam a vontade do Senhor no mundo material, são eternamente servos e dedicados, rendidos plenamente ao Senhor.

domingo, 15 de janeiro de 2012

A ENERGIA ILUSÓRIA

“A energia ilusória, ou a natureza material, pode atuar sobre os seres vivos proporcionalmente, em termos da queda dos seres vivos como vítimas da atração ilusória de maya. As mariposas são cativadas pelo deslumbrante brilho da luz, e assim elas tornam-se vítimas do fogo. Analogamente, a energia ilusória está sempre cativando as almas condicionadas a tornarem-se vítimas do fogo da ilusão, e as escrituras védicas aconselham as almas a não se tornarem vítimas da ilusão, mas a escapar dela. Os Vedas orientam-nos a evitar a escuridão da ignorância mas seguir o caminho progressivo da luz.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

A energia ilusória atua sobre o ser vivo e é capaz de dominá-lo quando ele se deslumbra no fogo da ilusão, maya consegue aprisioná-lo.

Quando o homem segue o caminho da escuridão, ele vai se afastando do Senhor e alimentando-se com energia material, vai apagando a chama espiritual que nasce junto com ele, e que se expande quando ele se alimenta de energia espiritual.

Quando o homem se rende completamente ao Senhor, ele aprende a escapar das garras da ilusão e vai se libertando das condições materiais.

sábado, 14 de janeiro de 2012

A VONTADE SUPREMA DO SENHOR

“De fato, tudo isso se deve à vontade suprema do Senhor, a Personalidade de Deus. Algumas vezes as pessoas matam-se umas às outras, e outras vezes elas protegem-se umas às outras.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os homens vivem em leis naturais e lutam pela sobrevivência, quando a consciência deles está amparada nas leis naturais e sociais, eles tanto podem proteger quanto matar uns aos outros.

As leis de Deus ficam ocultas na vida do homem quando ele a deixa de enxergar e passa a valorizar mais as leis naturais e sociais.

A desobediência às leis de Deus causa a guerra entre as nações, os homens se acham deuses e capazes de mandar em tudo e oprimir o próximo, reduzindo-o a coisas e os escraviza.

A vontade suprema do Senhor é que os homens sejam obedientes e sejam devotos, se eles estão conscientes em Deus, eles vivem em harmonia social e com a natureza.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O HOMEM PODE SER FORTE, MAS VIVER NA ILUSÃO

“Vê só, o homem que tens a força de um tigre, quantas misérias devidas às influências celestes, reações terrestres e dores corpóreas – todas muito perigosas em si mesmas – estão prenunciando perigo em futuro próximo, iludindo nossa inteligência.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

O homem com imensa força não está livre das dores das misérias do mundo material, por isso ele sofre, ele age e sofre reações conseqüentes de suas ações e das influências do mundo material.

O homem é dotado de inteligência, mas pode cair nas ilusões materiais, isso é muito perigoso e faz com que ele sofra cada vez mais enquanto acredita viver em um mar de rosas.

Essa energia material que influencia as reações corpóreas e mentais, fazendo que o homem sofra as suas misérias é anulada com o amor e a rendição a Deus.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O SER VIVO CONDICIONADO

“Todo ser vivo condicionado é dotado de quatro princípios de maus hábitos, a saber: erros, insanidade, incapacidade e trapaça. Esses são sinais de imperfeição, e entre os quatro, a propensão a enganar os outros é a mais proeminente. E essa propensão a enganar existe nas almas condicionadas porque as almas condicionadas estão primariamente no mundo material imbuídas de um desejo antinatural de assenhorear-se do mundo material.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

As relações e tratos ordinários estão poluídas pelo materialismo, podendo estar inconscientes, apaixonados ou ignorantes nos momentos de se relacionarem.

Quando o ser vivo está puro, ele vive livre das condições das leis materiais, ele vive na bondade e na consciência de Deus.

Quando o ser vivo está condicionado, ele nunca está satisfeito, pois a satisfação vem da devoção ao Senhor, que é obtida com a liberação das condições materiais.

O motivo da falta de harmonia nas relações humanas é a insatisfação na vida material, o mundo de hipocrisia humana apenas é anulado com o serviço devocional.

O homem que decide viver condicionado à matéria estará na eterna imperfeição, já o que vive servindo ao Senhor estará a caminho da perfeição.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

QUANDO A HUMANIDADE SE DESLIGA DE DEUS

“Quando a civilização se desliga da relação amorosa com a Suprema Personalidade de Deus, sintomas como alteração na regularidade sazonal, meios escusos de subsistência, cobiça, ira e fraudulência tornam-se proeminentes. A alteração na regularidade sazonal refere-se à atmosfera de uma estação manifestando-se em outra estação – por exemplo, a estação das chuvas transferida para o outono, ou a frutificação de frutos e flores transferida de uma para outra estação. Um homem ateu é invariavelmente cobiçoso, irado e fraudulento. Um homem assim pode ganhar a vida por quaisquer meios, decentes ou escusos.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

O mundo vai mudando, as vezes de forma assustadora, a humanidade vai entrando em pânico e desespero com as alterações naturais e as atitudes dos homens na sociedade.

Os homens cada vez mais foram ficando mais cobiçosos, irados e traiçoeiros, buscando a subsistência e a realização de seus prazeres a qualquer preço.

O homem fica louco pela riqueza, pelos bens materiais, pelos divertimentos momentâneos, a escuridão vai se alargando, a falta de sentido da vida cresce, para eles só existe a vida no mundo material e nada mais.

As luzes diminuem, o alimento se torna escasso, o homem não consegue prever e dominar a natureza, ela também se revolta contra ele.

Tudo isso ocorre quando os homens se distanciam de Deus e vivem das ilusões materiais.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

A DIVINA PERSONALIDADE DE DEUS

“Esta é a divindade da Personalidade de Deus: Ele não é afetado pelas qualidades da natureza material, mesmo que esteja em contato com elas. De modo semelhante, os devotos que se refugiam no Senhor não se tornam influenciados pelas qualidades materiais.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Deus é pleno de espiritualidade, de modo que a natureza material é incapaz de contaminar a sua essência.

Os devotos possuem qualidades materiais e crescem na espiritualidade do Senhor, mas mesmo assim podem ser influenciados pela matéria, pois, eles não possuem a plenitude de Deus, eles ainda são seres humanos.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

OS ADMINISTRADORES QUE VIVEM COMO ANIMAIS

“Sempre que há reis e administradores vivendo como animais nos modos mais baixos de existência, o Senhor, sob sua forma transcendental, manifesta Seu poder supremo, a Verdade Positiva, demonstra misericórdia especial para com os fiéis, executa atividades maravilhosas e manifesta várias formas transcendentais conforme seja necessário, em diferentes períodos e eras.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os administradores que vivem como animais, movidos por ignorância e paixões, tendem a regredirem seu desenvolvimento espiritual, muitos se acham donos de si e do mundo.

O Senhor, apesar de seu ilimitado e magnânimo poder, é bondoso, fiel, misericordioso e quer o bem de todos.

Ninguém pode tirar o direito de outrem, seja ele homem, animal, ou qualquer ser vivo, pois todos possuem direitos e todos foram creados com energia divina, dotados da potência de Deus.

Os administradores devem buscar o bem da humanidade e do meio ambiente, cuidar para que seus direitos sejam preservados, deixar que todos tenham acesso ao conhecimento transcendente.

Os administradores devem servir a Deus, recebendo o conhecimento da Verdade Absoluta para poderem administrar de forma correta.

domingo, 8 de janeiro de 2012

O OBJETIVO DOS SERES VIVOS

“Todo ser vivo está ansioso por completa liberdade porque esta é sua natureza transcendental. E essa liberdade só é obtida através do transcendental serviço ao Senhor. Iludidos pela energia externa, todos pensam que são livres, mas na verdade estão sujeitos às leis da natureza.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

As almas condicionadas não podem conseguir sozinhas chegar ao céu espiritual, sozinhas não chegam à salvação, elas necessitam da liberdade espiritual que vem da devoção ao Senhor.

Render-se ao Senhor é o objetivo de cada ser vivo, pois assim eles voltarão ao céu espiritual, o lugar de onde vieram, ou seja, da essência divina, servindo eternamente ao Senhor e desapegados de todo e quaisquer materialismos.

Deixando de viver num mundo material de ilusão e passando a viver na Verdade Absoluta da devoção ao Senhor.

sábado, 7 de janeiro de 2012

O ABANDONO DAS ATIVIDADES MATERIAIS

“Uma pessoa que abandona suas atividades materiais para ocupar-se no serviço devocional ao Senhor pode às vezes cair, enquanto está num estágio imaturo, mas não há perigo de que seja mal sucedida. Por outro lado, um não-devoto, mesmo que se dedique plenamente a seus deveres ocupacionais, não ganha nada.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

O devoto abandona as atividades materiais e passa a dedicar-se ao serviço devocional ao Senhor, ele se rende totalmente ao Supremo, embora existam dificuldades, ele poderá até cair durante o caminho, mas chegará à meta final.

Dessa forma, ele passa a receber o conhecimento transcendente, ele estará ligado aos valores espirituais e vai se desapegando dos valores materiais, uma mudança total de comportamento, pensamento e atitudes.

Essa rendição ao Senhor é um serviço permanente, mas, se o devoto imagina que ele seja temporário, ele cairá durante o caminho, e aí ele aprenderá, com a ajuda do Senhor e vai se levantar e seguir o caminho devocional.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

UMA QUALIDADE DOS GRANDES PENSADORES

“É uma qualidade dos grandes pensadores extrair o melhor mesmo do pior. Diz-se que os homens inteligentes devem extrair néctar de uma porção de veneno, devem recolher ouro mesmo de um lugar imundo, devem aceitar uma boa e qualificada esposa mesmo de uma família obscura, e devem uma boa lição mesmo de um homem ou de um mestre que provenham dos intocáveis. Essas são algumas instruções éticas para todos, em quaisquer lugares, sem exceção. Mas um santo está muito acima do nível de um homem comum. Ele está sempre absorto em glorificar o Senhor Supremo, porque, por difundir o santo nome e a fama do Senhor Supremo, a atmosfera poluída do mundo transformar-se-á, e como o Srimad-Bhagavatam as pessoas tornar-se-ão sãs em suas realizações.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os santos vivem na atmosfera da consciência de Deus, temem a Deus, são puros e simples de coração, vivem de forma pacífica e buscando o bem-estar de todos.

Estão liberados das condições materiais e vivem purificando o mundo material e transmitem o conhecimento transcendente e a consciência de Deus.

Os grandes pensadores vivem a caminho da santidade, de início realizam ações que qualquer homem comum é capaz de fazer, embora muitos deles não façam. Buscam melhorar a vida da humanidade, são pessoas exemplares que deixam um legado de conhecimento e comportamento a serem seguidos.

Os santos estão plenamente realizados, vivem para servir o Senhor, vivem em pura devoção, divulgam o nome e a palavra do Senhor. Glorificando a Deus e auxiliando os homens comuns a chegarem à santidade.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

PALAVRAS PERDIDAS

“Aquelas palavras que não descrevem as glórias do Senhor, que por si só podem santificar a atmosfera de todo o universo, são consideradas pelas pessoas santas como se fossem local de peregrinação para os corvos. Uma vez que as pessoas todoperfeitas são habitantes da morada transcendental, elas não obtêm aí nenhum prazer.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Palavras boas e más se diferenciam e causam reações diferentes. Enquanto as palavras de bondade, de glória, de amor, de santidade, beneficiam todo o universo, as palavras más aprisionam e se perdem.

As pessoas todoperfeitas são comparadas aos cisnes brancos, pois, já atingiram a auto-realização e vivem no mundo material com uma consciência transcendental. Portanto, suas palavras são proveitosas.

Os corvos vivem apaixonados e em busca de prazeres materiais, usam linguagens decorativas, vivem de grosserias e sutilezas, na ignorância e paixão, sempre com gozo material.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O GRANDE SÁBIO

“O grande sábio, que estava plenamente equipado em conhecimento, pôde ver, através de sua visão transcendental, a deterioração de tudo que é material, devido à influência da era. Ele pôde ver também, que as pessoas infiéis em geral teriam reduzida sua duração de vida e seriam impacientes, devido à falta de bondade. Desse modo ele procurou o bem-estar dos homens em todos os status e ordens de vida.”(A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Deus se comunica com os sábios, através de sonhos e visões eles também recebem o conhecimento transcendente.

Eles vão percebendo o quão é vaga a natureza e o mundo material, que a todo momento passa a se deteriorar.

A bondade é longamina, e proporciona o bem-estar a todos, não traz apenas reações individuas, mas sim coletivas.

O tempo vai reduzindo a matéria, mas o transcendente faz a alma crescer e se auto-realizar.

Os sábios passam a enxergar o futuro da humanidade através das escrituras védicas e dos sonhos e visões transcendentais. Dessa forma eles ajudam os homens na liberação material e transmitem conhecimento espiritual a todos.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A COMPREENSÃO DA VERDADE ABSOLUTA PELA BONDADE

“A lenha vem de uma transformação da terra, mas a fumaça é melhor que a madeira bruta. E o fogo é ainda melhor, pois através do fogo podemos obter os benefícios de conhecimento superior [através de sacrifícios védicos]. Analogamente, a paixão [rajas] é melhor que a ignorância [tamas], mas a bondade [sattva] é melhor ainda, porque pela bondade pode-se compreender a Verdade Absoluta.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os sacrifícios trazem conhecimento ao homem, que vai mudando sua forma de ver a realidade material, por meio da observação das reações advindas de seu sacrifício.

A ignorância afasta o homem do que é bom e correto, pois, ele pensa de forma diferente e acha que o errado pode ser certo, tendo ele ou não conhecimento do certo ele está em erro.

As paixões podem ser momentâneas ou permanentes, se passam e o homem aprende com elas ele cresce, mas se fica apegado, ele ficará inerte ou irá regredir, pois será escravo das paixões.

Pela bondade o homem enxerga Deus, o fato de agir com bondade evita que sacrifícios desnecessários existam, dessa forma, as reações também serão boas e ninguém será prejudicado.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A POTÊNCIA DOS NOMES DE DEUS

“Em Seu Siksastaka, Sri Caitanya Mahaprabhu afirma claramente que o santo nome do Senhor tem todas as potências do Senhor e que Ele dotou Seus nomes inumeráveis com a mesma potência. Não há fixação rígida de tempo, e qualquer um pode cantar o santo nome com atenção e reverência, quando lhe convier.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

O Senhor pode se apresentar perante nós através do som transcendental, quando cantamos e glorificamos os seus santos nomes, estamos em contato direto com ele.

O homem tem a necessidade de sentir a presença de Deus em sua vida, e cantar os nomes do Senhor também é uma forma de buscar a Deus.

Quando o homem de forma sincera invoca os santos nomes, o Senhor corresponde a ele, transmite paz ao seu espírito e libera sua alma dos desejos materiais.

domingo, 1 de janeiro de 2012

OS SÁBIOS SERVINDO


“Os sábios duas-vezes nascidos! Servindo àqueles devotos que estão completamente livres de todos os vícios, presta-se um grande serviço.” (A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)

Os sábios auxiliam na liberação das almas condicionadas, na vida do ser vivo revoltado contra o Senhor, pois, encontramos homens com uma vida desapegada e caminhando para liberação da alma e homens com vida escravizada.

As almas condicionadas a vida material não querem conhecer o conhecimento verdadeiro que vem de Deus, de modo que sua ignorância na vida do mundo material seja reduzida, quando o homem não aceita o transcendente ele eleva os seus egos.

Quando o homem não busca Deus, ele somente poderá obter a liberação da sua alma pela misericórdia de Deus, pela bondade suprema.

O servo de Deus está consciente de Deus e serve aos outros homens, divulga o conhecimento transcendente e está desapegado do mundo material.