Follow by Email

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

EN LA MAÑANA

“Encontré a Dios em la manãna
Al roderarme placentera calma;
Su presencia vino cual amanhecer,
Como uma gloria em mi alma.

Permaneció todo el día su presencia,
Todo el día estuvo a mi lado.
Navegamos en perfecta quietud
Por mar tempestuoso y agitado.

Otras naves han naufragado;
A otras naves los mares angustiaron;
Pero los ventos que a ellas abatían,
Al puerto de la paz me impulsaron.

Entonces pensé em otras mnãnas,
Con un remordimiento em la mente,
Cuando yo, también, perdí mi amarra,
Dejando atrás al Presente.

Ahora pienso que sé el secreto,
Aprendido en turbulenta vía.
Debes buscar a Dios en la manãna,
Si quieres su presencia todo el día.” (Ralph Cushman)

Em todas as manhãs devemos pedir misericórdia a Deus pelo ontem, agradecer por um novo dia e recomeçar tudo de novo, mas de uma maneira melhor.

Devemos crer e confiar nele, entregar nossa vida em suas mãos, saber que ele vive a nos proteger e quer o melhor para nós.

Quando a paz de Deus invade e preenche o nosso coração nas manhãs, vemos quanto é belo o amanhecer, e estaremos tranquilos até o alvorecer, sentimos sua presença em nossa vida e passamos de forma esperançosa, confiantes e com consciência pelos tormentos diários.

Deus é o pilar que sustenta nossas vidas, sem ele o homem cai, o barco naufraga e afunda, ele nos mantém firmes para seguir os nossos caminhos e destinos, ele é o nosso guia.