Follow by Email

quinta-feira, 19 de maio de 2011

AS ESCOLAS E AS SOCIEDADES

"As escolas são órgãos transmissores que administram um acervo de conhecimentos acumulados e tidos como valiosos na preparação para a vida em sociedade. Esses conhecimentos passam das populações primordialmente adultas para as gerações que lhes sucedem, numa base selecionada. As sociedades diferem em suas convicções sobre as necessidades educacionais. Alguns problemas constantes de todas as sociedades recebem a atenção das escolas." (Walfred A. Anderson e Frederick B. Parker)

A educação nas escolas é sinônima de desenvoilvimento social, complementa os ensinamentos da família, ou os supre quando existe a ausência desse ensino básico. Transmitem as crianças, adultos, adolescentes, jovens e idosos não só o conhecimento, mas os preparam para viver em sociedade.

Nas escolas se aprendem as regras de convivência em sociedade, a obedecer às leis e respeitar o próximo. Assim vão sendo formados cidadãos conhecedores de seus direitos e deveres, que já começam a contribuir com a coletividade, e no futuro passarão estes conhecimentos para as próximas gerações.

Uma sociedade que educa as pessoas também se desenvolve politicamente, já que estes, sabem identificar as necessidades do meio onde vivem, sabem que podem propor mudanças à realidade e descobrem os métodos de soluções para os problemas sociais. Essas pessoas saberão escolher seus representantes políticos, que não apenas serão eleitos para auferirem benefícios próprios por estarem no poder, mas para resolverem as questões sociais e promover o desenvolvimento e o bem-estar social.

Se uma sociedade possui escolas capazes de ensinar e formar cidadãos, esta terá uma grande chance de se desenvolver, mas se deixa ocorrer a crise educacional também haverá uma grade desigualdade social. Não bastando apenas criar inúmeras escolas, mas, capacitar os professores e existirem condições dignas de ensino, de forma que alunos e educadores estejam inter-relacionados, além de se relacionarem com a coletividade.