Follow by Email

segunda-feira, 1 de julho de 2013

A SEMEADURA É LIVRE, MAS A COLHEITA É OBRIGATÓRIA



Sesalila Dasa – Adalberto José Campelo


Tudo que acontece conosco é imposto pela infalível lei de ação e reação, mas como reagimos a tais situações é devido ao nosso livre arbítrio. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória!, dizia o mestre dos mestres. Viver é uma constante oportunidade de plantar e colher. Estaremos sempre numa situação de escolhas, riscos e muitas vezes, mesmo diante de 'resultados indesejados', com a atitude correta devido ao conhecimento, podemos mudar o rumo de nossas vidas e ter plena fé de que iremos melhorar o nosso destino. Mas quem em sã consciência pode desejar, aceitar ou rejeitar algo sem conhecê-lo?” (Sesalila Dasa – Adalberto José Campelo)

Para toda ação existe uma reação, e delas existem consequências e reações a elas.

Podemos agir ou não agir, mas se agirmos teremos obrigatoriamente uma reação.

A ação pode estar submetida ao controle, uma agir dentro da lei, dos bons costumes.

Não temos o livre arbítrio de aceitar ou não uma lei, pois, ela é imposta para todos.

Mas, a forma de reagir as reações, faz parte do nosso livre arbítrio e da inteligência.

Podemos crescer e aprender com as reações, adquirirmos conhecimentos e experiências.

Passamos a vida inteira semeando e colhendo, um paralelo entre a liberdade e a obrigação.

Toda semeadura estará sujeita às reações, podendo serem obtidos resultados desejados ou não.

Logo surgirão as escolhas, momento em que o livre arbítrio poderá imperar e iremos escolher.

As opções poderão colocar-nos em risco, bem como o risco já poderá ser pré-existente.

Pois, não só os resultados levam ao risco, mas também a escolha, a semeadura e a colheita.

É necessário ter fé e estar preparado para a colheita, pois, ela poderá mudar nossa vida.

Uma boa colheita melhora os rumos do nosso destino e das nossas vidas.

Uma colheita perdida pode nos deixar sem rumos, ao léo e totalmente desorientados.

A fé faz com que possamos enfrentar as reações, bem como anulá-las com bondade.

Assim, uma colheita ruim não produzirá frutos mas proporcionará crescimento espiritual.

A semeadura e a colheita devem ser praticadas com consciência, amor e fé.