Follow by Email

quinta-feira, 27 de junho de 2013

NOSSA MENTE JULGA




Nossa mente, sem a intervenção da inteligência iluminada, sempre deseja julgar, na maioria das vezes condenando, responsabilizando os outros por nossos problemas.” (Sesalila Dasa – Adalberto José Campelo)

Ao invés de nos responsabilizar pelos nossos atos, pensamentos e consequências das ações, a nossa mente sempre quer responsabilizar os outros, porém, essa ação da mente ocorre por falta da intervenção da inteligência iluminada.

Nossa mente quer julgar sem se responsabilizar, pois, para ela é muito mais fácil nos iludir ao jogar a culpa nos outros do que nos responsabilizar e fazer assumir a verdade.

Quando julgamos os outros esquecemos que existimos, a falta da intervenção da inteligência iluminada na mente nos ilude de tal modo que pensamos ser perfeitos enquanto os outros são imperfeitos e merecem ser julgados por nossas mentes mergulhadas em fantasias.

Esse julgamento inescrupuloso condena inocentes pelos nossos problemas, nos torna tiranos e ditadores, incapazes de nos reconhecermos e de assumir os nossos próprios erros.

Enquanto a mente não for controlada pela Verdade Absoluta e nem sofrer a intervenção da inteligência iluminada, nossa mente continuará julgando a tudo e a todos, sempre os condenando pelos nossos erros e problemas.