Follow by Email

segunda-feira, 7 de julho de 2014

A MULHER E A GALINHA

 
Uma viúva tinha uma galinha que botava um ovo por dia. Ela pensou que, se desse à galinha mais cevada, ela botaria dois ovos por dia, e aumentou sua ração. Mas a galinha ficou gorda e já não podia botar nem mesmo aquele único ovo por dia.” (Esopo)

Mesmo com a galinha botando um único ovo por dia, a viúva tinha o suficiente para si, nada estava faltando, mas sua ganancia era maior.

Ao tentar explorar a galinha, ela a encheu de ração com o intuito de obter mais ovos, ao invés disso, ela prejudicou a saúde da galinha ao ponto dela não conseguir sequer por aquele único ovo diariamente.

A ganância não agrega valor ao homem, ao invés disso, ela subtrai e destrói aos poucos o próprio ganancioso.

Enquanto o ganancioso pensa que está saciando sua sede, ela só tende a aumentar cada vez mais, chegando ao ponto dele perder seu controle e deixar que a ilusão domine a sua vida, o afastando cada vez mais da realidade.