Follow by Email

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O HOMEM POSSUI CAPACIDADES


“O homem possui capacidades que abrangem naturezas externas a ele e predizem o mundo em que deverá habitar, assim como as barbatanas dos peixes prenunciam a existência de água ou as asas de uma águia no ar pressupõem o ar. O homem não pode viver sem um mundo. Imagine Napoleão aprisionado em uma ilha, impeça-se que suas capacidades encontrem no mínimo um homem sobre quem possa agir, ou Alpes a transpor, ou riscos a assumir, e, assim, ele gesticularia em vão, feito um demente. O mesmo Napoleão pode ser transferido para regiões maiores, de população densa, interesses complexos e poder antagônico, e se verá que o homem Napoleão, preso que está a tal perfil ou esboço, não é o Napoleão verdadeiro.” (Ralph Waldo Emerson)

O homem possui capacidades internas e externas ao seu corpo humano, dessa forma ele causa alterações no mundo e em coisas que existem em seu exterior.

Entre suas capacidades, está a de se adaptar, sendo assim, ele consegue sobreviver nos mais diversos lugares, com climas e alimentações diversas. Todos são seres humanos, mas se adaptam ao lugar e ao meio onde sobrevivem.

O corpo humano prescinde de um lugar para sobreviver, ele é matéria unida ao espírito, vivendo no mundo material, cada pessoa tem uma missão e um propósito neste mundo, embora todos não saibam e alguns não queiram saber. E para cumprir essa jornada na terra cada pessoa precisa de um lugar ou passar por vários lugares.

Se o homem deixa de cumprir sua missão, suas obrigações e seus objetivos, ele deixa de viver em verdade e passará a ter um perfil mutante, ou seja, adaptável a situações e lugares, um disfarce na sobrevivência, iludindo a si próprio e tentando iludir outras pessoas.