Follow by Email

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

HÉRACLES E ATENA


 (Héracles e Atena)
 
 
Caminhava Héracles por um caminho estreito, quando viu no chão um objeto parecido com uma maçã, e quis esmagá-lo. Observou porém que o tal objeto dobrara de tamanho, e ainda mais o pisou e nele bateu com seu porrete. A coisa, porém, estufou e aumentou tanto de tamanho que obstruiu o caminho. Ele largou pois o porrete e olhou admirado o acontecido. Foi quando Atena lhe apareceu e disse: “Pára, irmão, isso que vês é a disputa e a discórdia. Se o deixarmos tranquilo, continua com o mesmo tamanho mas, se o combatermos, ele infla”.” (Esopo)

Quando se usa a violência para tentar esmagar a disputa e a discórdia, elas só aumentam de tamanho, pois, se alimentam da violência.

Quando se faz um alvoroço diante de um pequeno e simples problema, ele pode se tornar um grande e grave problema, pois, suas forças ficarão maiores diante do desespero e da preocupação de quem o alimenta.

Ao invés de aumentar a rivalidade, devemos proporcionar a calma, a paciência e a tranquilidade para mantê-la em seu tamanho e reduzir a discórdia e a disputa, até que se extinga a rivalidade.

Havendo a disputa e a discórdia, também haverá o mal gerado por elas e que causa imensas consequências, por isso, devemos de forma pacífica acabar com as rivalidades.