Follow by Email

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

SONHOS: UM ESTADO DE REALIDADE




B. T. Swami – Swami Krishnapada – Bhakti Tirtha Swami

No geral, as pessoas passam pelo menos um terço de suas vidas dormindo. Enquanto adormecidos, todos nós sonhamos, apesar de podermos não nos lembrar de nossos sonhos. É importante compreender exatamente o que está acontecendo enquanto estamos nesse estado alterado para que possamos usar o momento do sono para aprimorar nosso funcionamento no estado desperto.” (B. T. Swami – Swami Krishnapada – Bhakti Tirtha Swami)

Quando estamos dormindo, não deixamos de viver e nem ficamos desconectados de tudo.

Os sonhos também são um estado de realidade, uma realidade diferente do despertar no mundo material e que sempre surge ao adormecer.

Todos nós dormimos e sonhamos, ninguém fica acordado a vida inteira e nem o tempo inteiro, sempre há um momento para dormir e sonhar.

Algumas pessoas quando despertam se esquecem de seus sonhos, já outras se lembram e começam a questionar ou tentar interpretar seus sonhos e as influências que eles podem ter.

Os sonhos são importantes para ajudar a nossa vivência ao despertar, mas, desde que sejam utilizados para aprimorar a nossa vida.

Os homens possuem dois corpos, o físico e o astral ou sutil. A alma está revestida pelos corpos físico e astral, é ela quem mantém a vida dos corpos enquanto habita neles.

O corpo físico predomina no despertar e o corpo astral predomina no adormecer.

Os sonhos são um estado de realidade e podem ser de quatro tipos: o primeiro, são os estimulados fisiológicamente; o segundo, são os adormecidos no subconsciente; o terceiro, são os pensamentos predominantes durante o estado desperto; o quarto, são os que ajudam a trabalhar o karma.

Alguns sonhos, surgem dos estímulos fisiológicos do nosso corpo, pois, o corpo adormece, mas os sentidos continuam ativos, estimulam a mente e influeneciam os sentidos sensoriais dos sonhos.

Outros sonhos, vêm do nosso subconsciente, os pensamentos mais frequentes ficam armazenados na mente subconsciente, no estado desperto não existe a consciência da existência desses pensamentos, que permanecem inativos e adormecidos. Eles se expressam livremente quando dormimos, estes sonhos podem nos dar dicas de como solucionarmos problemas, de fazermos descobertas, de encontrar coisas perdidas.

Já os sonhos oriundos dos pensamentos predominantes do nosso estado desperto, são reflexos de tudo que pensamos, são um estado de desfrute fantasioso, um sonho da conquista ilusória do que pensamos enquanto estamos acordados.

Também existem os sonhos que trabalham e aprimoram a nossa vida, o nosso karma, eles mostram o que devemos aprender em nossa vida, auxiliam a eliminar o karma que acumulamos. Nesses sonhos relembramos as situações vividas no estado desperto, podemos estudar calmamente e ver o que não foi visto, pensar o que não foi pensado, quando estavamos acordados.

Vivemos em dois estados de realidades, um enquanto estamos acordados, temos mais contato com coisas palpáveis e visíveis, mesmo assim, podemos viver uma vida espiritual e crescermos espiritualmente. Quando estamos dormindo e sonhamos, podemos descobrir muitas informações que poderão ser aplicadas no nosso estado desperto, os sonhos ocorrem com calma, paciência, conhecimento, nosso estado espiritual predomina.