Follow by Email

sábado, 18 de agosto de 2012

A SOLIDÃO E OS COMPANHEIROS INTERNOS


“A solidão gera inúmeros companheiros em nós mesmos.” (Carlos Drummond de Andrade)

Quando o homem vive na solidão, ele é capaz de gerar companhias.

Ilusões e fantasias podem ser desencadeadas da solidão humana.

Esses personagens passam a viver e conviver com essas pessoas vítimas da solidão, embora não existam, eles são seus companheiros.

Apesar de serem gerados pelos devaneios de suas mentes, eles estão ao lado dessas pessoas, que se não tem ninguém para lhes fazer companhia, são companheiros de si mesmo.